CPI quer proibir venda de imóveis sem que empresa tenha licenças


A construtora AG Prima não é proprietária do terreno em que os condomínios Nirvana I e II deveriam ser construídos, em São Pedro da Aldeia (Região dos Lagos), não tem licenciamento de instalação atualizado da prefeitura e a parceria com a Caixa Econômica como financiadora do empreendimento está cancelada. 

 A situação foi admitida por um dos sócios da construtora, Amaury Teixeira da Silva, durante audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa (Alerj) criada para apurar os casos relativos aos atrasos na entrega de imóveis pelas construtoras do estado, realizada nesta segunda-feira (02/09). 

Os lotes fazem parte do Programa Federal Minha Casa Minha Vida. Existem construtoras com mais de 40 anos de mercado que dizem ter dificuldade em negociar vendas sem ter parceria com uma instituição financeira. 

Como o senhor dará continuidade ao processo de construção sem todos esses encaminhamentos?, perguntou o presidente da CPI, deputado Gilberto Palmares (PT).

Fonte: Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro

Comentários